cotegratis.com

O que é: Oferta Pública

O que é Oferta Pública?

A oferta pública é um termo utilizado no mercado financeiro para se referir a uma operação em que uma empresa disponibiliza a venda de seus valores mobiliários para o público em geral. Essa oferta pode ser realizada tanto por empresas que já estão listadas em bolsa de valores, como por empresas que desejam abrir seu capital e se tornar uma empresa de capital aberto.

Tipos de Oferta Pública

Existem diferentes tipos de oferta pública, cada um com suas características e finalidades específicas. Os principais tipos são:

Oferta Pública Inicial (IPO)

A Oferta Pública Inicial, também conhecida como IPO (Initial Public Offering), é o processo em que uma empresa que era de capital fechado decide abrir seu capital e disponibilizar a venda de suas ações para o público em geral. Essa é uma forma de captação de recursos utilizada pelas empresas para financiar seus projetos de expansão, pagar dívidas ou permitir que os acionistas atuais vendam parte de suas ações.

Oferta Pública Secundária

A Oferta Pública Secundária ocorre quando acionistas já existentes decidem vender parte de suas ações para o público em geral. Nesse caso, a empresa não recebe recursos diretamente, pois o dinheiro vai para os acionistas que estão vendendo suas ações. Essa oferta pode ser realizada por acionistas controladores, como fundos de investimento ou acionistas minoritários.

Oferta Pública de Aquisição (OPA)

A Oferta Pública de Aquisição, conhecida como OPA, é uma oferta realizada por uma empresa para adquirir a totalidade ou parte das ações de outra empresa. Essa oferta pode ser amigável, quando a empresa que está sendo adquirida concorda com a oferta, ou hostil, quando a empresa que está sendo adquirida não concorda com a oferta.

Oferta Pública Restrita

A Oferta Pública Restrita é uma oferta que possui restrições quanto ao número de investidores que podem participar. Essa oferta é direcionada apenas para investidores qualificados, como instituições financeiras, fundos de investimento e investidores com patrimônio elevado. Essa restrição é imposta para proteger os investidores menos experientes e garantir que apenas investidores com maior capacidade de análise e compreensão dos riscos participem da oferta.

Processo de uma Oferta Pública

O processo de uma oferta pública envolve diversas etapas, desde a preparação até a conclusão da oferta. As principais etapas são:

Preparação

Na etapa de preparação, a empresa que deseja realizar a oferta pública contrata uma instituição financeira para atuar como coordenadora da oferta. Essa instituição é responsável por auxiliar a empresa na definição do preço das ações, na elaboração do prospecto, que é o documento que contém todas as informações relevantes sobre a oferta, e na divulgação da oferta para o mercado.

Registro na CVM

Antes de realizar a oferta pública, a empresa precisa registrar a operação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que é o órgão responsável pela regulamentação e fiscalização do mercado de capitais no Brasil. O registro na CVM é necessário para garantir a transparência e a segurança da operação, protegendo os investidores.

Divulgação da Oferta

Após o registro na CVM, a empresa inicia a divulgação da oferta para o mercado. Essa divulgação pode ser feita por meio de anúncios em jornais, sites especializados, roadshows, que são apresentações para investidores, e outros meios de comunicação. O objetivo é atrair investidores interessados em participar da oferta.

Período de Reserva

Durante o período de reserva, os investidores interessados em participar da oferta podem fazer suas reservas de ações. Nesse período, os investidores indicam a quantidade de ações que desejam adquirir e o preço máximo que estão dispostos a pagar por cada ação. Essas reservas são não vinculantes, ou seja, os investidores podem alterar ou cancelar suas reservas a qualquer momento.

Alocação das Ações

Após o encerramento do período de reserva, a instituição financeira coordenadora da oferta realiza a alocação das ações. Nessa etapa, são definidos os investidores que receberão as ações e a quantidade de ações que cada investidor irá adquirir. A alocação é feita levando em consideração a demanda dos investidores e as condições de mercado.

Encerramento da Oferta

Após a alocação das ações, a oferta é encerrada e os investidores que tiveram suas reservas alocadas efetuam o pagamento pelas ações adquiridas. Após o pagamento, as ações são transferidas para a conta dos investidores e a operação é concluída.

Conclusão

A oferta pública é uma operação importante no mercado financeiro, que permite às empresas captarem recursos e aos investidores participarem do crescimento dessas empresas. É fundamental que os investidores estejam bem informados sobre as características e os riscos da oferta antes de tomar a decisão de investir. Por isso, é recomendado buscar o auxílio de profissionais especializados e analisar cuidadosamente as informações disponíveis no prospecto da oferta.

Rolar para cima

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site.